Home / Lua de Mel / Opções de destinos inusitados para a sua viagem de lua de mel

Opções de destinos inusitados para a sua viagem de lua de mel

Bora Bora, crédito CVC
Por Priscilla Silvestre

Fazer uma viagem inesquecível é o desejo de todo casal que está em lua de mel, afinal, eternizar este momento faz parte do “pacote”.
Mas como escolher o roteiro que realmente agrade ao seu gosto, atendendo a todas as particularidades que esta ocasião remete?
É muito simples, basta fugir da mesmice e optar pelos destinos que nem todos buscam se refugiar neste “começo da vida a dois”.

Os encantos de Maragogi
Localizada entre Alagoas e Recife, a aproximadamente 125 km de cada uma, Maragogi, também conhecida como “O Caribe Brasileiro”, é uma excelente opção para quem quer descansar, mas não abre mão de cenários exuberantes, belezas naturais, coqueiros por todas as partes, ecoturismo, artesanatos, esportes, entre muitos outros.
Com 23 km de praias, todas são um convite a um passeio de buggy, que costuma começar na de Peroba e vai até a de Burgalhau.
Outras de suas grandes vedetes são as piscinas naturais, entre elas a Galés, a Taoquinha e a de Barra Grande. Nelas os turistas podem apreciar varias espécies marinhas e mergulhar rodeados de peixes coloridos.
Já os que gostam da natureza e de fazer trilhas podem desbravar a do Engenho Genipapo e a do Visgueiro e caminhar entre e a Mata Atlântica, aproveitando todas as delícias do contato com a natureza.
Na vizinha cidade de Porto de Pedras também é possível fazer o passeio para ver os peixes-boi que ficam no Rio Tatuamunha.

Trata-se de animais resgatados de outras praias e levados para rio, visando a sua readaptação e os seu monitoramento.
O artesanato é um diferencial do município, que entre as matérias-primas tem a bananeira, o casco do coco, as escamas de peixe, as algas marinhas, as sementes e as garrafas PET, tão sustentáveis e bem-vindas nesta época em que vivemos.
Tudo pode ser encontrado por lá: bolsas, almofadas, caminhos de mesas e paineis, colocando Maragogi em um dos grandes mercados artesanais do Brasil.

Maragogi, crédito CVC

Descubra uma Bahia diferente na Praia do Forte
Deixe a imagem de carnaval de lado e imagine uma Bahia diferente, cheia de coqueirais, recifes, areias claras, mar cristalino e cardumes vistos nos seus pés.
Além disto, pense também não em trios elétricos e avenidas, mas sim em uma Vila com um tanque de criação para tartarugas marinhas, que desde a década de 80 tem a principal base do Projeto Tamar.
Misture isto a bares, restaurantes, lojas e joalherias que vão dos simples aos mais requintados, atraindo a todos os gostos e bolsos.
E assim é a Praia do Forte, que diferentemente da capital Salvador, atrai os seus visitantes pela sua exuberância, reservas ambientais e glamour.
Com apenas 14 km, o local não cansa. Seja praia ou cultura, compras ou gastronomia, tudo é encontrado por ali com muita qualidade e simpatia.
O turista já começa a se deslumbrar ao conhecer o castelo Garcia d´Ávila, erguido em 1549 e que tem como construções a Capela de Nossa Senhora da Conceição e as passarelas da vista da Praia do Forte até a de Itacimirim.
Na alta temporada, a Avenida ACM é o “point” para aproveitar a noite, com baladas, bares e restaurantes.
De luaus a raves, gringos e brasileiros se encontram nos mais diversos ambientes oferecidos, que podem ser ao ar livre ou fechados.
Na baixa temporada também há opções, mesmo que em menor número. Ou seja, para dançar ou descansar, tudo é possível!

Praia do Forte, crédito CVC

 

Celebre a paixão em Barbados
O romantismo transborda neste pedaço do Caribe, que oferece muitas praias (como The Crane Beach e St. Philips), charmosas pousadas, grandiosos hoteis e também hospedagem em casarões, passeios culturais, históricos, esportivos, além de ser a única ilha caribenha que recebeu classificação do Guia Zagat por seus internacionalmente renomados chefs, os quais dão os seus toques na saborosa gastronomia local.
E, claro, quem gosta de fazer compras, a Broad Street é o centro comercial de Bridgetown.
Como se fosse um “duty-free”, a pessoa apresenta o passaporte e a passagem aérea de retorno e pronto, tudo pode ser adquirido, até mesmo joias finas, feitas à mão por ourives do Caribe, ou artesanato em cerâmica decorativa e peças para o uso do dia a dia.
E a vida noturna de Barbados também é muito convidativa.
Nos decks das águas límpidas os coqueteis tropicais são ótimas pedidas para fechar um dia cheio de alegrias, com uma boa música, peixes frescos e a companhia da sua vida!

Barbados, crédito CVC

A cenografia exuberante de Punta Cana
Este paraíso na República Dominicana recebe mais de dois milhões de turistas por ano e não e à toa: por suas praias maravilhosas, ambiente aconchegante, prédios que não passam da altura dos coqueiros e resorts que por si já dão conta do recado, Punta Cana é uma ótima opção o ano inteiro.
Uma dica para a escolha de onde ficar é que quanto mais para o leste, mais sereno é o mar.
As praias como Macao podem apresentar mais agitação, enquanto a de Bávaro e Cabeza de Toro já são mais calmas.
Ainda para quem quer conhecer as águas, partindo de Bayahibe, a uma hora de viagem, saem passeios de barco para as ilhas Saona e Catalina.
Mais para frente está Altos de Chavón, uma réplica de um vilarejo medieval europeu. Ou seja, um verdadeiro colírio para os olhos de quem aprecia uma boa história.
Aproveite também para conhecer os golfinhos, leões marinhos, os corais, para fazer compras nas lojinhas de artesanatos, desfrutar de tudo o que o resort oferece de atrações aos seus hóspedes, da gastronomia local, além do mar azul e quase transparente. É um verdadeiro cenário de filme romântico para o momento especial que você quer viver.

Punta Cana, crédito CVC

O charme da Polinésia Francesa está no Tahiti!
Conhecer Papeete, Bora Bora e Tahaa são experiências únicas e, com certeza, muitas fotos lindas resultarão desta viagem.
Em Papeete, que é mais “urbana”, você irá desfrutar dos safaris e cascatas, fazer tours por terra e mar, visitar o Museu Gauguin e o Museu do Tahiti, o Jardim Botânico, lindas praias, como Papenoo, Tiarei e Vairao (que são ótimas para o surf), além de se divertir com os passeios via “truck”, comuns nesta ilha.
Já Bora Bora tem 32 km e pode ser circulada a pé, por bicicleta, catamarã, mas lembre-se do uso de repelente e de ser dócil com os cães, que são queridos e em grande número por lá.
Aproveite e faça o passeio de barco visitando os Motus (as ilhotas), o fundo de vidro, que é onde ficam os corais e os peixes de região, o mergulho e suba até o Belvédère.
Por fim, o cheiro de baunilha no ar, como muitos dizem, é uma das características de Tahaa, por ter o cultivo desta especiaria e de melancia em seus vales, O local tem formato de flor e os bangalôs dos resorts são rodeados pelas águas brilhantes e por lindos jardins.
Ou seja, romantismo não falta nesta “terra da paixão”.

Tahiti, crédito CVC

Check Also

Vale a pena passar a lua de mel na Disney?

Por Priscilla Silvestre Unir o lúdico ao romântico é possível na “Terra do Mickey” Apesar …

Veja dicas para fechar a sua viagem de lua de mel de forma on-line sem cair em ciladas

Por Priscilla Silvestre A internet facilita muito na hora de escolher e comprar a viagem, …

Lua de Mel em Trancoso

Casas cinematográficas de celebridades estão entre a lista de hospedagem De olho nos feriados e …

Roteiros da Korubo

É a maneira mais inusitada e exclusiva de explorar as belezas do Jalapão Empresa pioneira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.