Home / Casamentos no Vitrine das Noivas / Como casar e dizer “sim” às finanças

Como casar e dizer “sim” às finanças

Um guia prático escrito por especialistas em organizar festas de sucesso

Com o controle da pandemia, os casamentos voltaram com toda força. Seja por quem esperava tempos melhores ou adiou a festa, as comemorações seguem em alta no país. Nesse cenário de retomada das grandes celebrações que Stephane Louise Boca Santa, doutoranda em Administração, e Glenda Soliman, cerimonialista, lançam “Vou me casar. E agora? Um guia prático para a organização do seu casamento”, pela Artêra, selo da editora Appris. A publicação traz dicas valiosas desde o planejamento e organização à cerimônia. E para todos os bolsos, independente do valor financeiro que os noivos pretendem gastar entre os estilos diversos – os mais desejados do momento são mini wedding (mais intimista), casamento na praia e destination wedding, que acontece em outra cidade ou país.  

Também pesquisadora na área de sustentabilidade, Stephane se uniu à Glenda, cerimonialista de mais de 300 eventos, para apresentar de forma prática o passo a passo para festas impecáveis. Elas orientam como realizar esse sonho nos dias de hoje, quando a crise econômica bate mais forte à porta dos brasileiros. “A organização financeira para o casamento é destaque no livro, com detalhes de como administrar o valor que se deseja gastar na recepção e cerimônia”, explica Stephane.

Ela lembra que é fundamental ter uma planilha, com fornecedores, pacotes de serviços e contratos, para planejar e controlar os gastos. Para driblar os altos custos sem exceder o orçamento, ela sugere evitar datas mais concorridas para a recepção, como sábados e feriados. 

“Vou me casar. E agora?” tem também um capítulo sobre sustentabilidade em casamentos mostrando como aplicar a política dos 5Rs:  repensar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar. “O ideal é que a cada decisão do casal, os 5Rs sejam levados em consideração. Se não for possível tomar uma decisão pró-meio ambiente, então, vale recusar e reduzir. No mais, optar por itens que possam ser reutilizados na festa, como por exemplo, usar quadros na decoração e posteriormente decorar a casa do casal”, sugere a autora.

O livro traz ainda dicas sobre fornecedores e serviços, escolha de convidados, padrinhos, damas e pajens e detalhes que fazem a diferença no casamento.  “Máquina de café, lanche da madrugada, chinelos personalizados são alguns exemplos. Mas o que mais faz diferença é o casal estar de fato vivenciando o dia do casamento. Sugerimos que dediquem tempo para dançar, beber e curtir. Afinal, foram meses organizando tudo e, se puder, é importante reduzirem os protocolos”, conclui Stephane.

Sobre as autoras:

Stephane Louise Boca Santa possui graduação e mestrado em Contabilidade; é doutoranda em Administração; pesquisadora na área de sustentabilidade há dez anos, tem diversos artigos científicos publicados em periódicos nacionais e internacionais, tais como Journal of Cleaner Production, da Elsevier. É autora do livro Obrigações legais.

Glenda Soliman  é cerimonialista, já realizou mais de 300 eventos, incluindo casamentos no Brasil, nos Estados Unidos e na República Dominicana. Certificada pelo Destination Wedding Training, na cidade de Punta Cana. Glenda foi a única brasileira indicada em 2021 ao prêmio do Belief Awards 14th Edition, na categoria Mini Wedding, recebendo o Selo Internacional Wedding Planner.

João Pedro Sabadini

Auracom Assessoria de Comunicação

Check Also

Cuidados com a pele no carnaval

Especialista dá dicas para pular o carnaval sem medo de acabar com a pele. Preparada …


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0